terça-feira, 28 de junho de 2011

Bom dia!



Para que um dia seja bom, basta que você assim o conduza.

quinta-feira, 23 de junho de 2011

.

Eu realmente não entendo esses comerciais de absorventes. As mulheres saem saltitando, dando piruetas, correndo felizes pelos campos verdejantes... Agora me diz: qual mulher fica nessa felicidade toda naqueles dias? Só se for o grupo que tropeçou no uso do anticoncepcional, estava morrendo de medo de ter engravidado mas aí a menstruação veio. Aí elas saem por aí comemorando, usando o novo absorvente mais fino-com abas-cobertura de gel. Só se for.



quarta-feira, 22 de junho de 2011

A entropia

Ouvi no rádio a leitura desse texto outro dia de manhã enquanto dirigia para o trabalho. Achei simplesmente fantástico! Melhor ainda foi que o encontrei na internet, para poder compartilhar com todos. Um ótimo dia!







A ENTROPIA

Luciano Pires

Entropia. Você sabe o que quer dizer essa palavra?



Entropia designa a tendência generalizada de todos os sistemas do universo, sejam eles naturais ou feitos pelo homem, de deteriorar-se. O corpo humano passa por um processo de entropia: vai envelhecendo e um dia morre. O automóvel também. Vai ficando velho, desgastando as peças e um dia vira sucata. O sol é assim. Vai queimando aos poucos, consumindo-se e um dia apagará. Essa camisa que você usa. Essa rua por onde anda. A casa onde mora. A lâmpada que lhe dá luz... Tudo isso um dia acabará, por um processo natural de entropia, de desgaste, inevitável. A única coisa que podemos fazer é tentar controlar a velocidade com que esse processo acontece. É na manutenção bem feita que está o segredo para retardar o processo de entropia que um dia nos levará ao fim. A manutenção de um avião, por exemplo, que faz com que ele voe 30, 40, 50 anos. Você, cuidando da alimentação e praticando exercícios físicos, retarda o envelhecimento. Limpar o chão, pintar a parede periodicamente, trocar as telhas quebradas, prolonga a vida da casa.




E sabe qual é o segredo que há por trás do segredo? É a existência de instrumentos que nos mostrem quando o processo de entropia está atingindo índices perigosos. A luz tem que acender. A sirene tem de tocar. E assim a equipe de manutenção é acionada e as providências necessárias para reduzir a velocidade da deterioração, executadas.
Mas... Encontrar e consertar uma goteira é fácil. O bicho pega quando o problema é social. Moral. Ético. Quando um desvio de conduta passa a ser considerado "normalzinho". Nesses casos, os instrumentos capazes de acionar o alarme não são máquinas, são pessoas. Gente treinada para perceber quando os índices de deterioração da sociedade atingem níveis perigosos. Gente com coragem para apertar o botão de alarme acionando a equipe de manutenção. E quem são essas pessoas, hein? Onde é que estão? Que ocupação elas têm? Será que são os políticos? Os padres? Os militares? Os executivos?
Pois quer uma boa notícia? Ou má, dependendo de seu ponto de vista?




Essas pessoas estão aí, ao seu lado. Uma delas, com certeza, é você. Que talvez nunca tenha considerado essa responsabilidade como agente que abre os olhos da sociedade para o nível de degradação a que se está chegando. E isso é compreensível. Precisa de tempo. Coragem. Generosidade. Perseverança.




Além disso, você deve estar ocupado demais trabalhando, não é?




Ah, mas não tem os conhecimentos necessários para perceber os sinais?




Pois saiba que a formação dessa gente se dá por meio de umas besteiras aí que deixamos de lado: educação e cultura. São a educação e a cultura que geram um olhar crítico, imune aos apelos comerciais da mídia e ao bla bla bla dos marqueteiros e políticos. E é então que se percebe o buraco em que estamos caindo. A combinação de quarenta anos de educação deteriorada; a cultura ao Deus dará; a mídia descompromissada; a incompetência generalizada; a confusão ideológica e o foco no curto prazo nos tornaram cegos para as luzes e surdos para as sirenes.




- O volume da televisão tá alto demais, não me deixa ouvir...




E quando ouço, tenho medo. A equipe de manutenção não tem ferramentas nem conhecimentos para corrigir os problemas...
E, pra piorar, neste Brasil da entropia sem controle, quem aciona o alarme é chamado de subversivo pela maioria cega e surda.
Pois quer saber? Acho bom você, seu subversivo, criar coragem e começar a apertar o botão de alarme.
Antes que a casa caia. De vez...

segunda-feira, 20 de junho de 2011

.


Não estou lembrando onde foi que eu vi, mas falava sobre uma ideia da camiseta ideal para os participantes da Marcha da Maconha. Teria os seguintes dizeres:




"Marcha da Maconha. Eu fui?"




Sem querer tomar posição alguma, achei engraçado.

sábado, 18 de junho de 2011

True Colors

.
Tem exatos treze anos que eu vi esse vídeo pela primeira (e até então, única) vez. Foi na Disney, na ante-sala de um brinquedo do Epcot Center. A mensagem dele é tão legal que eu nunca esqueci - e sempre quis ver de novo. Quase não acreditei quando o encontrei no Youtube.

Espero que curtam tanto quanto eu curti.


sexta-feira, 17 de junho de 2011

.
Acordei hoje com uma mancha de sangue na parte branca do olho direito. Algo a ver com eventos recentes que me estressaram? O universo me dizendo pra ficar de olho? Pode ser. Ou então foi a minha menina dos olhos que ficou menstruada.

quinta-feira, 16 de junho de 2011

Melhor creme ever!





Meninas do meu Brasil varonil preocupadas com a estética: esse cremezinho da Nívea é simplesmente o melhor creme contra a celulite que já experimentei! Você não só vê resultados reais (não é o caso de todo creme que promete maravilhas) como eles já são notados dentro dos 10 dias prometidos na embalagem. Maravilhoso!







O único problema é que a embalagem é pequena e quando você vê, já acabou. Mas eu acredito que o resultado vale o investimento!

quarta-feira, 15 de junho de 2011

.
.
Na página do colégio onde eu estudei tem um link que diz "ex-integrantes ilustres". Quando você clica, surge uma página em branco e a mensagem "não existem itens a exibir". Isso não passa uma imagem muito boa do colégio, certo? Rs.

terça-feira, 14 de junho de 2011

Elogie do jeito certo

Essa é para quem tem filhos ou alunos. Vale a pena ler até o final!

Uma amiga me enviou um texto que achei fantástico. Com alguma licença poética, conto aqui o conteúdo:





Todo mundo concorda que elogios são fundamentais para o bom desenvolvimento de crianças. O que pouca gente percebe é que o tipo de elogio feito é tão importante quanto o ato de se elogiar.

Foi feito um teste para comprovar a teoria.



Dividiam crianças em grupos A e B e pediam que resolvessem um exercício de dificuldade média. Ao terminarem, o grupo A era elogiado quanto à inteligência, com frases do tipo: "Uau, você é muito inteligente!", "Você é um gênio!", "Você é brilhante!" Já o grupo B era elogiado quanto ao esforço com frases como "Parabéns por ter se esforçado.", "Gostei de ver como você tentou até conseguir." e "Você mostrou grande persistência!"



Logo depois entregavam um novo desafio, com dificuldade maior que o primeiro. E qual era o resultado? As crianças do grupo A não queriam nem tentar resolver o desafio, enquanto as do grupo B não só tentavam como eram bem sucedidas.

A explicação?

As crianças elogiadas quanto à inteligência não queriam decepcionar os que as elogiaram, nem correr o risco de não serem mais chamadas de "inteligentes", enquanto que as do grupo B entendiam que o valor estava no esforço que faziam para resolver o problema - e que mesmo que não conseguissem resolver, isso não as desqualificaria perante os adultos.

O resultado? As crianças que foram elogiadas quanto ao esforço foram mais longe, com mais confiança e menos arrogância.

Outros tipos de elogios "vazios" são aqueles baseados no juízo de valor do adulto, como:

"Você é linda.", "Você é o máximo.", "Que cabelo maravilhoso." No fundo a criança sabe que aquilo pode ser válido para uma pessoa mas não para todas. Portanto, cresce dependente de reforços e nunca se torna um adulto seguro.

Já os elogios que se baseiam no caráter de cada um e em atitudes que eles podem escolher tomar, criam pessoas não só seguras como honestas, bondosas e éticas.

Exemplos:

"Parabéns por ter dito a verdade mesmo sabendo que eu iria brigar. Você é muito honesto."
"Que bom que você não deixou de lado a coleguinha nova. Você é uma boa amiga."
"Gostei que você devolveu o troco que o moço deu a mais. Você tem um bom caráter."

"Homens e mulheres de personalidade forte e saudável são como carvalhos que crescem nas encostas de montanhas. Os ventos não os derrubam, pois cresceram na presença deles."
Há muito tempo eu trabalhei num lugar onde o seguinte diálogo era de praxe:


Alguém perguntava: "Fulana está aí?"


E quem atendia: "Está."


E a pessoa: "Posso falar com ela?"


E do lado de cá: "Bom, ela meeesmo a gente não sabe onde está, mas a bolsa dela está bem ali."






Ou seja, quem trabalhava, na verdade, eram as bolsas.


.

Esculturas mentais

Retirado do calendário Seicho-noi-ie deste ano:





Hábitos do cotidiano são esculturas entalhadas pela mente




Existe um provérbio antigo que diz: "Água mole em pedra dura tanto bate até que fura". (...) Nossos hábitos do cotidiano são formados pela nossa postura mental de cada dia, cada hora e cada momento. E os hábitos do cotidiano moldam toda a nossa vida, assim como as gotas de água que caem incessantemente sobre uma pedra e acabam furando-a. Podemos alcançar êxito nesta vida ou amargar fracassos, dependendo de termos ou não bons hábitos no cotidiano.





Eu interpretei assim: Aquilo que você faz todo dia cria a vida que você tem. Se todo dia você come coisas gordurosas, está criando um corpo gordo. Se todo dia você gasta mais do que pode, está criando as dívidas. Se todo dia você briga, está criando uma vida em harmonia. E também: se todo dia você é gentil com os outros, está criando gentileza em sua vida. Se todo dia estuda, está se tornando mais inteligente, e por consequência, irá para onde outros inteligentes estão. E por aí vai. Preste atenção no que anda fazendo como hábito: são as sementes que você está plantando e que provavelmente já estão dando seus frutos.

.

segunda-feira, 13 de junho de 2011

Jantares inteligentes



FOLHA DE SÃO PAULO de 6/6/2011.

Jantares inteligentes


LUIZ FELIPE PONDÉ


Escolas "inteligentes", de esquerda, discutem o modelo econômico de Cuba a R$ 2 mil por mês


VOCÊ JÁ foi a um jantar inteligente? Jantares inteligentes são frequentados por psicanalistas, artistas plásticos, músicos, atores, jornalistas, publicitários (com a condição de falar mal da publicidade), médicos (esses porque, como é sempre chique ser médico, não se dispensa médicos nunca), produtores, "videomakers", antropólogos, sociólogos, historiadores, filósofos.
Administrador de empresa não pega bem (a menos que tenha um negócio sustentável). Engenheiros, coitados, só vão se forem casados com psicanalistas que traduzem pra eles esse mundo de gente inteligente. Advogados podem ir porque é sempre necessário um cínico inteligente em qualquer lugar. Pedagogas, só se casadas com esses advogados e por isso talvez consigam bancar amizades chiques assim.
Ricos são sempre bem-vindos apesar de gente inteligente fingir que não gosta de dinheiro. Pobre só se for na cozinha, mas são super bem tratados. Claro, tem que ter um amigo gay feliz.
Essa gente é descoladíssima. Seus filhos estudam em escolas de esquerda, claro, do tipo que discute o modelo cubano de economia a R$ 2 mil por mês.
Quando viajam ficam em lugares que reúne natureza "pura", tradição (apenas como "tempero do ambiente") e pouca gente (apesar de jurarem ser a favor da democracia para todos, só gostam de passar férias onde o "povo" não vai).
Detalhe: é essencial achar todo mundo "ridículo" porque isso faz você se sentir mais inteligente, claro.
Quanto à religião, católica nem pensar. Evangélicos, um horror. Espírita? Coisa de classe média baixa. Budista, cai muito bem. Judaica? Uma mãe judia deixa qualquer um chique de matar de inveja. Judaísmo não é religião, é grife.
Mas o que me encanta mesmo são as "atitudes" que se deve ter para se frequentar jantares inteligentes assim. Claro, não se aceita qualquer um num jantar no qual papo cabeça é o antepasto.
Quer saber a lista de preconceitos que pessoas inteligentes têm? Qualquer um desses "gestos" abaixo você pode ter, que pega bem com comida vietnamita ou peruana.
1) A Igreja Católica é um horror e o papa Bento 16 é atrasadíssimo. Claro que não vale ter lido de fato nada do que ele escreveu;
2) Matar Osama bin Laden sem julgamento foi um ato de violência porque terroristas são pessoas boazinhas que querem negociar a paz em meio a criancinhas;
3) Ter ciúmes é coisa de gente mal resolvida;
4) Se algum dia um gay lhe cantar e você se sentir mal com isso, você precisa rever seus conceitos porque gente inteligente nunca tem mal-estar com coisas assim;
5) Se seu filho for mal na escola, minta. Se alguém descobrir, ponha a culpa na professora, que é mal preparada pra lidar com crianças como seus filhos, que se preocupam com as baleias já aos 11 anos e discutem a África no Twitter;
6) Caso leve seus filhos à Disney, não conte a ninguém, pelo amor de Deus!;
7) Acima de tudo, abomine os Estados Unidos, ache Obama ótimo e vá à Nova York porque Nova York "não são os Estados Unidos";
8) Não seja muito simpático com ninguém porque gente simpática é gente carente e gente assim procura "eye contact" em festas. Um conselho: olhe sempre para um ponto no horizonte. Assim, se alguém falar com você, ela é que é carente;
9) Ache uma situação para dizer que você conhece uma cidadezinha no sul da Itália e lá ficou hospedado na casa de uma amiga brasileira casada com um italiano que defende o direito dos imigrantes africanos e odeia Silvio Berlusconi;
10) O ideal seria se você tivesse passaporte italiano também;
11) Se alguém falar pra você que não dá para pagar direitos sociais e médicos para imigrantes ilegais na Europa, considere essa pessoa um "reacionário de direita", mesmo que você não aceite sustentar alguém que não seja você mesmo e sua família (no caso da família nem sempre, claro);
12) No conflito israelo-palestino, não tenha dúvida, seja contra Israel, mesmo que morra de medo de ir lá e não tenha lido uma linha sequer sobre a história do conflito;
13) Se você se sentir mal com a legalização do aborto, minta;
14) Deixe transparecer que só os outros transam pouco;
15) Seja ateu, mas blasé.

domingo, 12 de junho de 2011

.


E como só é duradouro aquilo que se renova, a partir de amanhã tomarei um caminho um pouco diferente nos textos do blog. Me contem se gostarem, okay honey darling babies?







.

Feliz Dia dos Namorados

Amor duradouro é o que mantém sua essência mesmo se mudam as aparências.

Ao Marcelo: eu te amo. Há muitos anos. Hoje. E por todos os próximos anos.


sábado, 11 de junho de 2011



"Prefiro o paraíso pelo clima, e o inferno pela companhia." Mark Twain

"Nós de Escorpião não acreditamos em Astrologia." Saul Gorn

"Até os 13 anos eu pensava que meu nome era `cale-se'. " Joe Namath

"A prova de que ballet dá sono é que os artistas sempre entram na ponta dos pés." Max Nunes

"O problema com esse livro é que suas capas são muito separadas." Ambrose Bierce

"O neurótico constrói um castelo no ar. O psicótico mora nele. O psiquiatra cobra o aluguél." Jerome Lawrence

"O mais certo sinal de que vida inteligente existe em algum outro lugar no Universo é que nunca tentaram nos contatar." Bill Waterson

sexta-feira, 10 de junho de 2011

Cérebro humano acredita em elogios falsos

Fica a dica... Brincadeira!




ANÁLISE
Folha de São Paulo, domingo, 05 de junho de 2011

Partes do cérebro sentem prazer quando recebemos elogios, mesmo se forem falsos

HÉLIO SCHWARTSMAN
ARTICULISTA DA FOLHA

A cada instante nasce um otário - e nós já somamos quase 7 bilhões de pacóvios. Apesar da propaganda dos moralistas, mentir é um bom negócio e é por isso que golpes prosperam mundo afora.
O problema, como mostra o psicólogo especializado em mentiras Robert Feldman, é que o golpista já começa o jogo com enorme vantagem.
Nossos cérebros trazem uma série de vieses que operam em favor de esquemas como o da premiação. O mais simples é o viés de verdade.
O padrão é aceitar como verdadeiras todas as declarações que nos chegam à cachola. Na maioria das vezes, elas são mesmo (ou a linguagem não teria se desenvolvido), e o custo de duvidar de tudo seria demasiado alto.
Outro mecanismo valioso para vigaristas é o autoengano. Ele faz com que o cérebro, para pacificar contradições, reelabore a questão.
Quando venço no pôquer, convenço-me de que sou um jogador exímio; quando perco, tive azar. Construímos uma autoimagem positiva.
No fundo, todo mundo quer acreditar nos falsos cumprimentos que recebe.
Na verdade, partes mais primitivas do cérebro acreditam, e isso produz reações químicas que geram prazer. Até o mais desafinado se sente bem se elogiado por seu hipócrita professor de música.
Se o sujeito é um pouquinho mais vaidoso, como às vezes é o caso de médicos, envolvê-lo no jogo por um elogio é tão fácil como roubar doce de criança. Ainda que os centros do cérebro acionem o sinal de alarme, este será abafado pela lisonja.
Acrescente um cenário convincente e elasticidade nas fronteiras semânticas entre "comprar um prêmio" e "adquirir convites para o jantar" e o jogo está ganho.
Frequentemente, somos cúmplices voluntários da mentira que nos contam

quinta-feira, 9 de junho de 2011

Guia Simone Póvoa para o dia dos namorados

O dia dos namorados está chegando e você está na dúvida sobre como vai passar esse dia tão especial? Está "ficando" e não sabe se deve comprar presente ou não? Já é o milésimo dia dos namorados que passam juntos e você não aguenta mais comprar camisas & meias? Seus problemas acabaram! O Entre sem bater traz uma lista de ideias para esta data, qualquer que seja a sua situação!


Para os enrolados





  • Aja naturalmente. Não espere um jantar chiquérrimo ou grandes presentes nesta data. Não é só porque o calendário está marcando uma data romântica que seu relacionamento vai mudar de status. Vale comprar um presentinho simples como um cartão, uma barra de algum chocolate diferente - afinal, vocês estão envolvidos. Mas nada de comprar um presente caríssimo. Isso não combina nada com a situação e pode assustar a outra parte.


Para os namorados






  • Rapazes, por mais que venham com essa história de "isso é uma manipulação do comércio" sinto muito mas a comemoração é obrigatória. O modo como vai acontecer é fica por conta de vocês! Não caiam na bobagem de achar que só porque é Dia dos Namorados que vocês tem que ficar horas esperando num restaurante lotado e depois ainda pagar caríssimo, isso depois de ter se espremido num shopping lotado atrás de um presente caro. Este não é o único modo de se comemorar uma data especial. O comércio prega que sim porque é o único modo deles lucrarem.





  • Em vez do esquema batido descrito acima vocês podem: cozinhar na casa de um dos dois, passar o dia fazendo um piquenique no parque, alugar bicicletas, alugar montes de videos românticos, etc etc.


Para os enamorados








  • Quem está apaixonado e é correspondido tem mais é que se declarar mesmo. Aproveite a data para serenatas, provas de amor, declamação de poemas e pintura do retrato do ser amado, mesmo que não seja pintor. Como já disse Nietzsche, há sempre um pouco de loucura no amor, mas há sempre um pouco de razão na loucura.




Para os casados








  • Acho que é uma ótima data para lembrar que nem só de pagar condomínio e levar criança na escola vive o homem. E muito menos a mulher! Rs. Acho que a data é uma ótima oportunidade para os dois lembrarem como é gostoso ser romântico e se reconectarem.





  • Homens: mandem flores para elas. Mulheres: sabe aquele negócio que ele queria e você disse não? Ha ha. Vou parar a sugestão por aqui.





  • Ah, sim. E aqui até cabe um presentinho melhor se a situação financeira estiver legal. Mas mesmo assim, eu deixaria isso para o aniversário de casamento.






Para os noivos






  • A data é ótima para vocês darem um tempo nos debates (e muitas vezes, embates) sobre a cor da decoração do casamento ou se vão convidar a tia fulana que tem doze filhos.





  • Aliás, aproveitem para lembrar o porquê de terem se metido nessa confusão toda de buffets, forminhas, bolo, vestido. Se já tiverem esquecido, eu ajudo: é porque vocês se amam e querem passar o resto da vida juntos. Lembraram? Pronto. Um brinde a este fato!





  • Vocês podem aproveitar a data e fugir para uma pousada charmosa perto da cidade, para simplesmente curtirem um ao outro. Ah, não esqueçam de desligar o celular para não ter que ficar respondendo perguntas dos fornecedores.




Para os solteiros







  • Nada de ficar deprimido só porque parece que o mundo todo está apaixonado menos você! Não é só porque é Dia dos Namorados que você tem que passar o dia inteiro agarrado(a) em um(a). Ouvi por aí que ninguém passa o dia do indio abraçado com um indio, muito menos o dia da bandeira beijando as estrelinhas dos estados. Então, desencane.




  • Se mesmo assim o baixo astral insistir em visitar, leve-o para passear. Vá a uma livraria, supermercado, feira livre, enfim: qualquer lugar "normal" onde você vai ver que a vida continua e que o mundo não parou só porque é 12 de junho.

quarta-feira, 8 de junho de 2011

Where the Hell is Matt? (2008)

Um dos melhores vídeos de todos os tempos, na minha opinião. O espírito aventureiro me contagia e fico feliz por já ter ido a alguns desses lugares.


terça-feira, 7 de junho de 2011

O melhor brigadeiro do mundo

E depois de anos me colocando a árdua missão de testar diferentes receitas de brigadeiro, aqui vai a que eu considero a melhor de todas. Ela é bem diferente das receitas tradicionais e isso, é claro, vai se refletir na consistência da mistura. Se for para enrolar, você deve mexer em fogo baixo até conseguir inclinar a panela para um lado e ver o brigadeiro se descolando do fundo.


Ingredientes:



1 lata de leite condensado

1 lata de creme de leite (sem soro)

1 colher de cacau em pó (peneirado)

1 colher (sobremesa) de manteiga

1 pitada de sal






Preparo: Misture todos os ingredientes numa panela de fundo grosso e leve ao fogo. Quando ferver, continue mexendo em fogo baixo até atingir a consistência desejada.

segunda-feira, 6 de junho de 2011

Não almeje o mais ou menos

Recuse-se a viver uma vida mais ou menos. Almeje sempre o que é de fato bom, a qualidade, o sucesso, a grandeza, a superação. Para alcançar, aja de acordo. Ninguém alcança a exelência com atitudes mais ou menos. Ninguém se torna um sucesso "meio que" querendo. Ninguém supera obstáculos, ops, por acaso. Não é assim que acontece.






Quer uma vida maravilhosa? Tenha ações à altura.

domingo, 5 de junho de 2011

Ideias para seu domingo


Por que você não...






  • arruma suas fotos soltas em álbuns?




  • fica o dia todo assistindo filmes & seriados?




  • testa aquela receita diferente para o almoço?




  • vai até onde tem uma piscina e dá um belo mergulho?




  • começa a leitura daquele livro?




  • faz uma faxina em suas roupas, doando as que não usa há séculos?




  • enche o pneu da sua bicicleta e vai descobrir lugares novos?




  • responde seus e-mails atrasados?




  • compra uma revista nova na banca e vai ler na rede?




  • visita um amigo que não vê há tempos?




  • aluga um filme divertido?




  • grava um cd novo pra ouvir no carro?




  • faz um piquenique embaixo de uma árvore?




  • faz uma sessão de beleza completa?




  • leva a sua metade da laranja para um jantar especial? (isso é uma das coisas que vou fazer)





A todos um divertido domingo!

sexta-feira, 3 de junho de 2011

Num fôlego só

.

Eu Amo meu marido assim mesmo, com letra maiúscula. Meu amor por ele é de verdade e ao mesmo tempo quase irreal. Eu o amo no trânsito, com calor, com fome, pé doendo e querendo chegar em casa, tão irreal esse amor é. E também o amo à meia luz, olho no olho, pensando que meu coração não vai caber mais em mim tão grande é o amor que ele guarda. Eu amo o cheiro, o gosto e as coisas dele, os jeitos, desajeitos e cá pra nós, amo até mesmo alguns de seus defeitos. Amo cada vez que o vejo de novo chegando em casa à noite, e a cada vez que o vejo de novo ao acordar de manhã. Amo a voz, o toque, o beijo, as idéias, as piadas, os sonhos, as maluquices, incoerências e coerências. Amo-o em todos os momentos em que estivemos juntos, e estranhamente, também em todos os que não estivemos. Amo tudo o que ele já foi, amo tudo o que ele é, e sei que vou amar para sempre o que ele será, porque o amor que sinto não é de brincadeira não, senhores - é de essência. E quando se ama a essência, já era. Você estará pra sempre envolvido, pra sempre vulnerável, pra sempre extasiado, numa felicidade que só não é maior que a vida.
.

quinta-feira, 2 de junho de 2011

Alívio imediato

.
O modo mais rápido de sair de uma situação que traz sofrimento é aprender logo a lição. Toda situação desconfortável traz para nós algum aprendizado. E não é ao acaso que passamos pelo que passamos. A misericórdia da natureza é que assim que você aprende (e eu digo, quase que instantaneamente) o sofrimento vai embora e a situação deixa de existir. Simples assim.





Não é mágica. É só uma lei universal.