sexta-feira, 15 de junho de 2012

Ainda me agonia

Se tem uma música que me agonia é aquela It must have been love, do Roxette. Tá, eu sei que ela é mais velha que minha bisavó. Mas de vez em quando ela ainda toca, e toda vez que eu ouço fico indignada com a letra. Na música ela fala do quanto está difícil viver naquele dia tão frio de inverno, do quanto ela está sofrendo, fala que ela acorda sozinha e o apartamento está silencioso, etc etc. E aí vem o conhecido refrão:


It must have been love
but it´s over now.
It must have been good,
but I lost it somehow...

[Deve ter sido amor,
 mas agora acabou.
Deve ter sido bom,
mas de alguma forma eu o perdi...]

 Agora gente, onde é que essa mulher estava enquanto esse relacionamento se desenrolava? Que negócio é esse de "deve ter sido amor... deve ter sido bom... de alguma forma eu perdi..." Será que ela estava presente em algum momento nessa relação? Me dá vontade de gritar: não é à toa que você perdeu o cara, ô cabeça de vento!! Ficou com a cabeça na lua e agora está aí sofrendo!

 Mas aí quando a gente lembra que essa banda é sueca, e lembra do quanto os suecos são blasés diante da vida, quase dá pra entender. Quase.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opinião ou simplesmente um "alô"!