segunda-feira, 17 de junho de 2013

Como fazer seu tempo render - 15 sugestões

 Desde criança sou elogiada por saber administrar bem meu tempo. Sempre fui de fazer muita coisa em cada dia. Mas sempre com calma, me entregado a cada atividade, já que detesto a sensação de estar sempre "correndo". Com isso, quem convive comigo às vezes não entende a contradição: como ela consegue fazer tanta coisa sem nunca estar com pressa? Como esse é meu modus operandi natural, nunca havia parado pra pensar o que é que me permite fazer com calma tanta coisa no mesmo espaço de tempo que outras pessoas não conseguem fazer quase nada. Mas outro dia uma amiga me perguntou exatamente como é que eu faço isso, ou melhor, como é que eu faço "isso tudo", risos. Acabei parando pra pensar na minha "fórmula de sucesso". Aí vão minhas dicas:
.
 
Relógio de sol do Parque da Cidade, Brasília, DF
1. Feito é melhor que perfeito. Há cartazes com esta mensagem escrita nos escritórios do Google (ou era do Facebook?) e é algo que concordo e aplico. Tomo cuidado em fazer as coisas bem feitas, mas longe de almejar a perfeição - porque isso me tomaria muito tempo, já que eu não conseguiria alcançar nunca.
.
.
2. Tenha rotinas definidas apenas para o que for realmente rotineiro em sua vida, como os rituais de beleza ao acordar e dormir, arrumação de casa, ir e vir de trabalho/faculdade, levar criança em escola etc. Para todo o resto, quanto menos rotina, melhor. Assim você não corre o risco de começar a criar "rituais" pra fazer as coisas - o que só atrapalha e desperdiça tempo.
.
.
3. Seja organizado mas não demais. A organização é boa enquanto estiver servindo para facilitar a sua vida ou para deixar sua casa e ambiente de trabalho confortáveis e bonitinhos. Mas ela é meio e não fim. Da mesma forma que as pessoas muito bagunceiras perdem tempo procurando suas coisas, os organizados demais perdem tempo... organizando suas coisas!
.
.
4. Pense na ordem mais inteligente pra se fazer as coisas. Exemplo: teve uma tarde que eu tinha que passar um monte de roupas, e ainda queria lavar o cabelo, fazer as unhas, falar com uma amiga no telefone, postar o blog e fazer um pudim. Tudo antes de sair pra ir buscar meu marido no trabalho às 5:30pm. O que eu fiz? Pensei numa ordem inteligente pra fazer as coisas. Primeiro lavei o cabelo, pra ele ir secando ao longo das outras atividades. Arrumei as unhas assim que saí do banho (que é quando fica mais fácil), e só deixei faltando pintar. Aí bati o pudim no liquidificador e deixei assando. Pudim no forno, montei a tábua de passar e como é uma atividade totalmente repetitiva, aproveitei pra falar com minha amiga no telefone enquanto passava as roupas (penduro o telefone sem fio no ouvido com a ajuda de um headphone, ha ha). Depois de papear alegramente por quase 1 hora, as roupas estavam passadas, o pudim assado e meu cabelo, quase seco. Então desliguei o telefone, fiz uma escova rápida e passei o esmalte nas unhas. Enquanto esperava as unhas secarem, vim postar o blog. Tcharam!
.
.
5. Passe de uma atividade pra outra com rapidez. Para ser mais fácil, tenha uma ideia de tudo o que você quer fazer tanto naquele dia como "em alguma hora que der". Assim, sempre que sobrar um tempinho você pode encaixar ali alguma coisa. Dez minutos pode ser pouco para ver um filme, mas dão com sobra para responder e-mails ou ler um artigo de jornal.
.
.
 6. Não se cobre estar impecável o tempo todo. Essa é principalmente para mulheres: meninas, parem com a neura de que precisam estar com a maquiagem feita e roupinha ideal para cada tipo de programa o tempo todo. Tem horas que se você simplesmente for de um lugar para o outro direto sem passar em casa, vai ganhar muuuuito tempo!
.
.
7. Aproveite os intervalos entre uma coisa e outra. Terminou de se arrumar e está esperando o marido ou namorado passar pra te buscar? Vá responder seus e-mails. Chegou do trabalho mas ainda não é hora de fazer o jantar? Dá tempo de ver um seriado ou folhear uma revista.
.
.
8. Não fique esperando sobrar tempo pra fazer coisas como: ler, responder e-mails, ver filmes, arrumar uma gaveta, ligar para um amigo, tornar seus sonhos realidade. Tudo isso é coisa que dá pra fazer "encaixando" ou mesmo enquanto faz outras coisas.
.
9. Seja prático. Meu prato já vai da mesa para a lava-louças - sem fazer pit-stop na pia. Os produtos pra limpar cada cômodo ficam dentro do próprio cômodo, em vez de lá longe na área de serviço. (Bom, isso também porque aqui não tenho área de serviço, haha. Mas você entendeu a ideia.)
.
10. Planeje a semana toda no domingo, em vez de gastar a manhã de cada dia planejando que vai fazer... naquele mesmo dia! Se fizer isso, já vai ter perdido quase um período todo pensando no precisa fazer, na ilusão de que o dia "ainda não começou". E nunca planeje o que você vai fazer naquela mesma hora - simplesmente levante e faça.
.
11. Não perca tempo com coisas que não levam a nada. E com isso não quero dizer para não fazer "coisas bobas" (como parar pra ver uma vitirne ou folhear uma revista de fofoca) porque a vida também é feita de "coisas bobas". Mas quero dizer gastar o tempo com coisas que você realmente gosta de fazer, e que vão te acrescentar alguma coisa - em vez de simplesmente ficar lá, hipnotizado na frente da televisão ou do facebook, ou respondendo e-mail daquela pessoa que você nem gosta...
.
.
12. É melhor perder cinco minutos minutos do que cinquenta. Então, guarde as coisas no lugar em vez de sair jogando, pare o carro na vaga permitida, e pare e dê atenção para pequenas "crises" tipo um filho chorando, um cachorro fazendo coisa errada, o marido ou namorado reclamando de alguma coisa. Pare tudo o que estiver fazendo e resolva o problema. Porque tem coisas que se não são resolvidas na hora, vão é te causar muito mais problema (e gastar seu tempo) lá na frente.
.
.
13. Não queira fazer tudo todo dia. É sabido que a gente não quer só comida, a gente quer comida, diversão e estudar, malhar, ver os amigos, ler nossos livros, fazer nossos rituais de beleza, rezar, meditar, passar mais tempo com os filhos, etc etc além de trabalhar às vezes o dia todo. E sim, dá tempo de fazer tudo isso se você espalhar as coisas ao longo dos dias. Em vez de achar que para começar a malhar precisa ter tempo de ir à academia todo santo dia, por que não se matricular numa aula de, sei lá, pilates, que é duas vezes por semana? Nos outros dias você pode pegar esse tempo e ver os amigos num dia, brincar com os filhos no outro, ir a um spa no outro...

14. Você não precisa apontar todos os lápis antes de começar a estudar. Esse é aquele comportamento típico de quem tem que fazer uma coisa mas não quer e aí fica enrolando, inventando mil e uma coisas pra fazer antes - o que só resulta em muita perda de tempo. Então eu acho o seguinte: é algo que precisa mesmo ser feito e não tem outro jeito? Sente logo e faça pra ficar livre pra ser feliz. É alguma coisa que não é obrigatória? Livre-se dela. Se você está vendo que não quer fazer, então por que insistir?

15. Conhece-te a ti mesmo. Sócrates, ah esse sabia das coisas. Antes de qualquer coisa, é importante se conhecer, até para saber de pronto do que você gosta e não gosta, o que é importante e o que é negociável, e assim saber empregar seu tempo nas coisas que mais irão te beneficiar. Ou seja, passar uma hora no consultório do terapeuta (obrigada, Kelly!), ou escrevendo no diário, ou simplesmente pensando e entendendo quem você é, é tempo mais que bem gasto, porque vai te levar a saber quais são suas reais prioridades, e em que e quem exatamente você quer gastar seu precioso tempo!
 

2 comentários:

  1. O nosso tempo por aqui é curto e passa muito rápido então é fundamental aproveitá-lo da melhor forma que entendemos. E saber administrar as atividades não é tarefa fácil mas usando a inteligência a gente até consegue grandes feitos.

    ResponderExcluir
  2. Ótimas dicas.

    Abç,

    Hellen.

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião ou simplesmente um "alô"!