quinta-feira, 27 de junho de 2013

Últimos lidos


 Wedding Night, Sophie Kinsella - Quando Lottie acha que seu namorado de longa data irá pedi-la em casamento, se enche de expectativa. Mas logo ela se decpciona ao perceber que tudo o que o namorado queria era avisá-la de uma viagem. A decepção é tão grande que os dois acabam brigando feio e terminando tudo no calor do momento. É quando um ex da época da adolescência entra novamente na vida dela. Impulsivamente, os dois decidem se casar. Felizmente Lottie tem uma irmã mais velha que irá fazer de tudo para impedi-la de se enrolar mais ainda do que ela já se enrolou. Meu veredito: Ótimo!!! Engraçadíssimo, de dar gargalhada lendo. E toca em algumas questões interessantes, por exemplo, se é bom ou ruim tentar revisitar um passado que foi quase perfeito.
 
 
O universo conspira a seu favor, Jerry e Esther Hicks - Os autores desse livro dizem ter escrito o que lhes foi ditado por seres de luz que se autodenominaram Abraham. As lições de Abraham focam na lei da atração, e frisam que os seres humanos devem focar sempre no que querem, em vez de se concentrar no que não querem. Dessa lei, surgem várias outras, e inúmeras explicações e escalrecimentos para que consigamos tirar o melhor proveito dessa lei do universo.
Meu veredito: Livro muito bom!! Mas eu recomendaria só e somente só para quem estiver querendo mergulhar de fato em todo esse conceito de lei da atração - ou senão a pessoa provavelmente irá achar o livro profundo (e doido) demais.
.
.
.
.
.
.
Kafka para sobrecarregados, Allan Percy - A contracapa diz que este é "um curso de filosofia prático e acessível para quem quer extrair o máximo da vida e aprender a lidar com as situações absurdas que o cotidiano nos impõe." Eu diria que forçaram um pouco a barra chamando de "curso de filosofia" mas de qualquer forma, é um livro bem interssante. Trata-se de 100 máximas de Kafka selecionadas e comentadas pelo autor. É uma leitura fácil, rápida e que dá bastante o que pensar. Meu veredito: Gostei! E vou até colocar algumas coisas do livro aqui em posts futuros. Mas se alguém não gostar de Nietzsche por achá-lo pessimista, aconselho então que fique bem longe de Kafka, ha ha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opinião ou simplesmente um "alô"!