quarta-feira, 21 de agosto de 2013

É quando o ar está um pouco mais frio, o tempo um pouco mais calmo, as cores um pouco mais vivas, os sons um pouco mais distintos e a vida, um tanto mais interessante. É quando o tempo parece parar ao mesmo tempo em que tanto está acontecendo, é quando poderia estar acontecendo tudo mas só o que importa é isso aqui, é quando a gente sente a vida pulsar por dentro e em tudo em volta. Então as memórias voltam a seus lugares e o futuro volta a ser tão inexistente quanto sempre foi. Porque o presente tomou conta e é tão forte e tão urgente e tão fascinante que o êxtase toma conta e você fica ali, no momento a momento, passando ao próximo pedaço já com a certeza de que será tão bom quanto o que acabou de experimentar, como mordidas que se dá no prato mais delicioso. É quando não importa como é, mas sim que é, e tudo o que você quer é continuar participando desse milagre que é o ser, finalmente entendendo do que se trata the rapture of being alive
É assim que eu gosto da vida.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opinião ou simplesmente um "alô"!