quinta-feira, 29 de agosto de 2013

Sabe quando aquela pessoa que você sempre teve em alta conta por ser justamente uma pessoa que [insira algo] começa a fazer justamente o oposto daquilo, em alguma reação ou demonstração do melhor tipo "não precisava"? Elizabeth Gilbert colocou em palavras exatas um sentimento que também tenho. Pode nem ser justo com a pessoa, mas vou fazer o quê? É o que sinto.
 
"A indignidade que jamais suportarei com educação é ver os outros maltratarem as minhas queridas narrativas pessoais sobre eles. Elizabeth Gilbert em Comprometida.
 
.
.

Um comentário:

  1. Si, a gente não se decepciona com as pessoas, mas com a gente mesma por ter acreditado tanto em algém e ter esquecido que esse alguém é gente e ´´e passivo de qualquer falha.Eu sempre espero tudo dos outros porque o que vem de bom é lucro!!!

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião ou simplesmente um "alô"!