sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

Estamos com um cd de música clássica no carro. É começar a tocar e meu marido começa a questionar a importância do maestro. É compreensível. Fico lembrando de um comentário do Seinfeld sobre isso dizendo que se você parar pra pensar, todo mundo deve se perguntar que diabo aquele cara está fazendo ali. Ha ha. Ah, sim. Porque será que você precisa mesmo que um cara fique balançando um pauzinho na sua cara pra conseguir tocar violino? Isso ajuda? No começo, até dá pra entender: "Atenção, lá vai, um, dois, três, agora!" Mas depois que a música começa, o que é que ele fica fazendo ali? Não posso imaginar o violoncelista olhando em volta: "Estou confuso, não sei o que fazer, e agora?" Aí o maestro sacode aquele pauzinho: "Faça isso, isso e isso", e ele: "Ah, sim, obrigado. Agora já sei o que fazer."
.
.
E o que dizer do pessoal que leva aqueles binóculos pequenininhos para a plateia da ópera? Eles precisam mesmo daquilo? Os cantores são pequenos, não dá pra ver direito? Aquelas mulheres pesam 150, 180 quilos, usam umas roupas enormes, tem aqueles chapéus com chifres. Se você não consegue enxergá-las, melhor esquecer a ópera e pensar em optometria, lentes de contato, coisas assim.

Um comentário:

  1. Hehe entendo sua indignação quanto a MUSICA falo assim por se tratar de palavra Gênero do qual toda e qualquer agrupamento de notas formando-se a canção se torna espécie . O motivo do Maestro estar ali presidindo a apresentação se fundamenta no sentido de que toda nota tem um tempo no mundo da musica ou seja o maestro esta guiando para que cada nota não ultrapasse seu tempo embora todo mundo saiba quanto vale cada nota existe sempre um ou outro que desejará tocar acima dos limites do tempo. Para isso existe o Maestro se um musico se perder ele contara o tempo da batida que o maestro esta regendo e retornara no tempo certo a musica sem atrapalhar a canção. Espero ter conseguido explicar. Admiro seu trabalho, e vou com certeza ler o seu livro .TB assisti sua entrevista na TV justiça não me recordo o nome do programa , porque assisto para me manter atualizada sobre as novas jurisprudências . Boa noite

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião ou simplesmente um "alô"!