quarta-feira, 30 de abril de 2014

Aí a pessoa reclama que está muito frio ou muito calor ou com vento demais. Acha tudo difícil, tudo complicado, tudo um esforço enorme. Não para e pensa, não tenta entender, não tenta aprender.Tem medo de tudo, não quer fazer nada, nem tentar nada, nem arriscar nada. Quer somente empurrar as coisas nos outros, inclusive as responsabilidades por suas ações, reações e sentimentos. E aí, até mesmo essa dinâmica doente do jogo do empurra, a pessoa ainda considera um fardo.

Tem gente que ainda não se habituou a viver.
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opinião ou simplesmente um "alô"!