terça-feira, 2 de setembro de 2014

E quando for buscar seu filho ou filha na escola, em vez de perguntar "o que você fez hoje?", que tal "o que você aprendeu hoje?" A mesma reflexão vale para nós, ao repassar mentalmente qualquer tempo ou situação.
.
.
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opinião ou simplesmente um "alô"!