quarta-feira, 15 de outubro de 2014

A alma livre

Eu tô lendo um livro fantástico!

"The untethered soul", de Michael A Singer, foi traduzido no Brasil com o título de "A alma livre". E o que tenho a dizer é: LEIAM!!!!!
 
 Gente, eu não sei nem por onde começar a explicar o tanto que esse livro é incrível. Talvez pelos efeitos que está tendo em mim?
 
Bom, o que posso dizer é que desde que comecei a ler - e aplicar o que ele ensina lá - que eu ando pra lá de em paz e minha vida parece que cada dia fica mais deliciosa. Além dos insights, das compreensões, e de tanta, tanta coisa boa!!
 
Tentando ultra resumir o que já li até então (que é uns 65%... Não sei dizer em que página estou, já que estou lendo no Kobo), o livro fala mais ou menos o seguinte:
 
- No momento em que você se propõe a liberar os bloqueios energéticos que vem guardando no coração durante toda a sua vida (causados por traumas, experiências tristes ou ruins que não foram processadas etc etc), sua vida se transforma completamente numa coisa maravilhosa e deliciosa.
 
 Só que pra falar isso, ele vai te explicando o porquê das coisas enquanto propõe uma jornada interior que você vai fazendo enquanto devora os capítulos, que são escritos numa linguagem simples e bem direta. E nisso ele fala de mais mil coisas... Sobre os mecanismos que as pessoas usam e por que não funcionam... As motivações da maioria das pessoas pra fazer as coisas e por que assim que se alcança um objetivo a pessoa já tem que traçar o próximo porque aquele alcançado não a satisfez... Por que pra muita gente a vida parece ser uma sequência de problemas a serem resolvidos em vez de ser algo a ser aproveitado e saboreado... Nossa, tanta coisa...!!
 
 Algumas coisas que ele falou e que pra mim fizeram total sentido:
 
- O seu "eu" verdadeiro (a sua essência) não é aquele que "fala" o tempo todo dentro da sua cabeça, mas sim aquele que escuta; [gente.... perceber isso... realmente perceber é fan-tás-ti-co.]
 
- Quanto mais sensível (ou difícil... ou reativa... ou má...) uma pessoa é, mais bloqueios emocionais ela tem;
 
- Se algo te incomodou profundamente, é porque tocou num desses bloqueios que você vinha guardando aí sabe-se lá desde quando;
 
- Que a maioria das pessoas passa a vida tentando evitar as coisas que vão tocar nesses bloqueios, em vez de simplesmente liberarem os traumas e dores emocionais;
 
- Que tentar resolver uma coisa do nosso interior com coisas externas não vai funcionar nunca;
 
- Que as pessoas passam a vida prisioneiras das suas próprias sensibilidades;
 
- Que existe um jeito bem simples de você se libertar de tudo isso;
 
- Que uma pessoa só é verdadeiramente livre quando ela deixa de temer a dor;
 
 
 
 Todas essas coisas fazem muito sentido pra mim, porque experimentei todas. E desde que li o que ele sugere no livro, entrei numa fase intensa de liberação de bloqueios emocionais. É o tempo todo alguma coisa vindo à tona, e quando elas vem pode ser um tantinho dolorido. Mas o incrível é que quanto mais disposto você está a liberar as coisas, mais rápido essas dores passam. E aí mais leve o coração fica. E de repente, mais felizes vão ficando seus dias... Mais bonita a paisagem... Mais engraçadas as piadas... Mais divertidos os programas... Melhor o clima... Mais confortável qualquer coisa que aconteça... Juro!!!
 
 E nisso você passa a ter também alguns vários insights... E as coisas parecem começar a dar mais certo do que nunca... Os sinais estão sempre verdes, você sempre tem uma vaga na porta...!!
 
 Eu quis a vida inteira poder viver nesse estado o tempo todo mas pelo jeito estava tentando fazer isso acontecer de formas superficiais. Dessa vez está sendo pra valer.
 
 Leiam o livro. Juro. Não tem preço se sentir tão bem assim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opinião ou simplesmente um "alô"!